Bem vindo ao

Blog do Ted

Home / Copa do Mundo / Favoritos na Copa: Alemanha

Favoritos na Copa: Alemanha

Faltando 7 (!) dias para o início da Copa, é óbvio que falaremos hoje da atual campeã do mundo, a Alemanha. Favoritíssima ao segundo mundial consecutivo (e 5º no geral, empatando com o Brasil no topo), o time de Joachim Löw vem ainda mais forte para a edição na Copa da Rússia. Com a aposentadoria do capitão Philip Lahm e a saída de ícones como Bastian Schweisteiger e Miroslav Klose, o treinador de hábitos estranhos repete apenas 9 nomes da última escalação, algo até impressionante quando se trata de treinadores que gostam dos seus “homens de confiança”. O autor do gol do título, por exemplo, não foi convocado. Mario Götze vive péssima fase desde que marcou o gol mais importante de sua carreira. A Alemanha de Joachim Löw parece mesmo ter virado a página da Copa do Brasil. E parece vir com mais sede ainda.

Alemanha

19 participações

4 títulos

1º no ranking da FIFA

Principal jogador: Toni Kroos

Técnico: Joachim Löw

Última copa: campeão

Adversários na primeira fase: México, Suécia e Coréia do Sul

Foto: Facebook da Seleção da Alemanha

Se tem algo que não poderemos esperar da Alemanha é a acomodação de um time vencedor. Joachim Löw fugiu da armadilha de que “em time que está ganhando não se mexe” e mudou quase todo o elenco. Apenas 9 vencedores estarão novamente no elenco. Os jovens ganharam espaço e nenhuma seleção no planeta tem meio campistas tão bons quanto a Alemanha: além dos titulares Khedira, Kroos e Özil, os ótimos Ilkay Gündogan e Marco Reus terão suas chances, após ficarem de fora por contusão em 2014. Quem também terá uma chance tardia é Sebastian Rudy, que após brilhar no Hoffeinheim, foi contratado pelo Bayern de Munique e fez uma ótima temporada. Draxler, que veio como um menino promissor, já chega nessa Copa como um astro do Paris Saint Germain. Se juntam à eles duas promessas que em breve estarão nos maiores times Europeus: Leon Goretzka é o que mais me chama a atenção. Com apenas 23 anos, já surge como um novo Toni Kroos. Após excelentes temporadas pelo Schalke 04, defenderá o poderoso Bayern de Munique na próxima temporada. E o menino Julian Brandt, de 22 anos, garantiu sua vaga após brilhar no Bayern Leverkusen.

A defesa continua sólida. Boateng e Hummels deverão repetir a dupla de sucesso na defesa campeã do mundo. Não vai dar nem para sentir falta do capitão Phillip Lahm. Seu substituto vem do mesmo time, o Bayern de Munique. Joshua Kimmich aproveitou seu período de aprendizagem com Pep Guardiola e já é um dos melhores laterais do planeta. No gol, o melhor goleiro do mundo. Após perder a temporada quase toda, Manuel Neuer já está apto e confirmado como o número 1 do time.

Foto: abola.pt

A fase é tão boa que o treinador resolveu esnobar o excelente atacante Leroy Sané, do Manchester City. Eleito o melhor jogador jovem da Premier League, o ponta esquerda era justamente o diferencial de um time forte e muitas vezes “mecânico”. É o jogador mais “não-Alemão” do elenco. Numa temporada memorável, marcou 10 gols e deu 15 assistências em apenas 28 jogos do time de Guardiola na Premier League. Ninguém entendeu a escolha do treinador. Com isso, ele vai com apenas 3 opções para o ataque: o sempre perigoso Thomas Müller, que já soma 10 gols em 2 copas, o veterano Mario Gomez, autor de apenas 9 gols na temporada e o jovem Timo Werner de apenas 22 anos, destaque no RB Leipzig, alvo de importantes times Europeus.

A Alemanha é muito mais que o 7-1. O time de 2018 tem muito mais recursos que a seleção que protagonizou a maior goleada na história das copas.

O sorteio ainda ajudou. México, Suécia e Coréia do Sul não devem medir forças com a atual campeã. Talvez o jogo de estreia, contra o México, deva ser mais “encardido”. Por ser uma estreia e pelo time Mexicano ter um ótimo goleiro. Mas é improvável que a Alemanha não passe à segunda fase como primeiro colocado, com 3 vitórias. Sorte do Brasil, que provavelmente pegará o segundo colocado desse grupo. Se o time de Tite tropeçar e ficar com a segunda vaga, teremos um encontro desagradável pela frente. Oremos.

Twitter: @tedsimoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

>> <<