Bem vindo ao

Blog do Ted

Home / Futebol Brasileiro / Ninguém nos vence em impunidade

Ninguém nos vence em impunidade

Passei a semana pensando na tragédia ocorrida no dia 25/11/07, há exatos 10 anos.

Por mais que eu tente, não consigo escrever sobre o assunto.

Pelas inúmeras vezes que estive na antiga Fonte Nova, naquele exato local onde a arquibancada cedeu.

Não foram poucas as vezes que me peguei pensando: “poderia ter sido eu”.

Tive a sorte que, infelizmente, 7 pessoas não tiveram.

Anísio Marques Neto;

Djalma Lima Santos;

Jadson Celestino Araújo Silva;

Joselito Lima Jr;

Marcia Santos Cruz

Midiã Andrade Santos;

Milena Vasquez Palmeira.

Sete pessoas que foram ao estádio com uma coisa em comum: o amor.

O amor à um clube de futebol.

Infelizmente, eles não voltaram para casa.

Tiveram suas vidas interrompidas na maior tragédia do futebol Brasileiro.

Um crime.

Um crime até hoje não punido.

E que não pode ser esquecido.

Ao menos hoje o Esporte Clube Bahia relembrou.

Após 9 anos de esquecimento.

Que o governo do Estado e Confederação Brasileira de Futebol não esqueçam.

Façam justiça às famílias que anseiam por algo que esse país se acostumou a deixar de lado.

Nada vai trazer de volta os sete tricolores que despencaram da incompetência dos péssimos gestores desse país.

O país da impunidade.

O país do esquecimento.

O país da desigualdade.

Desigualdade que já garante que esse episódio nunca mais acontecerá.

Afinal, nos dias de hoje, talvez os 7 tricolores não estivessem na nova Arena.

E o sofrimento com a impunidade ficaria restrita aos Silvas, Santos, Marques, Cruz e Palmeiras…

Triste Brasil.

Twitter: @tedsimoes

Foto: Welton Araújo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

>> <<