Bem vindo ao

Blog do Ted

Home / Futebol Brasileiro / Carpegiani faz o Bahia sonhar; Vitória finalmente vence em casa

Carpegiani faz o Bahia sonhar; Vitória finalmente vence em casa

Foto: http://www.esporteclubebahia.com.br/

Nada como um técnico de verdade. Depois de perder exatos 124 (!) dias com Jorginho e Preto Casagrande no comando do time, o Bahia decolou e voltou a apresentar um ótimo futebol com o comando de Paulo César Carpegiani. São 4 triunfos, 2 empates e só uma derrota desde que o novo comandante chegou ao Fazendão. Coincidência? Nenhuma. O veterano treinador apenas deu sequência ao bom trabalho que Guto Ferreira vinha fazendo até ser contratado pelo Internacional. Os 4 meses jogados fora ecoam na cabeça de todos os tricolores. O Bahia poderia estar em uma posição ainda melhor se não tivesse inventado tanto.

Os motivos são simples: Carpegiani resgatou o que o Bahia tinha de melhor no primeiro semestre. Com exceção de Régis, que ainda busca recuperar seu espaço no time, Allione voltou a comandar o meio de campo tricolor. Inaceitável acreditar que o excelente meia Argentino passou esse tempo todo esquecido no elenco. E é impossível não especular que Jorginho e Preto tiveram algum problema com ele. Ninguém esquece de jogar bola do dia para a noite, como ninguém aprende a jogar bola num piscar de olhos. Faltava um treinador de verdade, experiente e sensato para saber que o camisa 8 não poderia jamais ter saído desse time. Fundamental no jogo de ontem e no de domingo contra a Ponte, com uma assistência em cada jogo.

A volta de Régis é a mais complicada no momento. Speed Mendonza ganhou a posição e vem sendo um dos melhores jogadores do time na temporada. O Colombiano que chegou com muita desconfiança por não ter vingado na fraca Liga Americana era visto com olhos tortos inclusive por este que vos escreve. Mas seus gols e sua participação em todos os jogos já o colocam como uma prioridade para 2018.

Além disso, o renascimento de Edgar Júnio, peça fundamental no acesso tricolor em 2017 e com gols decisivos na Copa do Nordeste. Sete gols nos últimos sete jogos, artilheiro do time na competição. Além disso, Edgar vem jogando muito bem numa posição que não é a dele. Protege bem, causa danos à defesa adversária e vem marcando gols decisivos. Juninho voltou a mostrar que é muito importante. Zé Rafael e Renê são os dois melhores jogadores do time na competição. A defesa voltou a ser confiável, Eduardo voltou a jogar bem e finalmente algum treinador teve coragem de escalar Juninho Capixaba, que há muito tempo vinha se destacando nos treinos. Não dá para negar que um treinador faz sim, toda a diferença.

Pela primeira vez na história dos pontos corridos o Bahia não chegará nas últimas rodadas lutando contra o rebaixamento. Chegou aos 45 pontos, que desde o início o blog marcava como principal objetivo tricolor. E se a primeira etapa foi cumprida antes do tempo, é hora de traçar um novo objetivo. E o sonho do torcedor, que antes parecia impossível, agora é uma realidade.

Para chegar diretamente à fase eliminatória da competição Sul-americana, o Bahia precisa estar entre os 7 primeiros (O Cruzeiro, já classificado pela Copa do Brasil, ocupa a 6ª colocação). Caso Grêmio e Flamengo vençam, respectivamente, a Libertadores e a Sul-americana, o Bahia precisa manter a 9ª posição que ocupa atualmente. Se não quiser contar com os sucessos dos Gaúchos e Cariocas, o Bahia precisa ultrapassar o próprio Flamengo (50 pontos) e o Vasco (48). O São Paulo ainda pode ultrapassar o Bahia nessa rodada.

A tabela tricolor não é das mais difíceis. Faltam 3 jogos na Fonte Nova (Galo, Santos e Chape) e dois jogos fora (Sport e um possível confronto direto com o São Paulo). Vencendo seus jogos em casa e um fora, a Libertadores é uma realidade. Isso porque o Flamengo deve priorizar a conquista da Sul-americana e colocar um time misto em algum dos jogos pelo Brasileirão. A tabela rubro-negra é complicadíssima: joga em casa contra dois times do topo da tabela – Santos e Corinthians – além de visitar o Palmeiras e dois times que lutam contra o rebaixamento: Coritiba e Vitória, na última rodada. O destino pode fazer com que o torcedor do Bahia torça contra um possível rebaixamento do maior rival para garantir uma vaga na Libertadores. Já o Vasco joga contra Galo, Ponte Preta e São Paulo (o que é bom pois um dos dois perderá pontos) em casa e visita o Cruzeiro e o Atlético-PR.

De qualquer forma, o torcedor tricolor já pode sorrir e terminar o ano sem sustos. O objetivo foi cumprido e o clube não pode deixar de seguir trabalhando. Caso não consiga a vaga nesse ano, pode muito bem começar o planejamento para atingir a meta no ano que vem. Manter o treinador e a espinha dorsal do time. A ótima campanha tem seu lado ruim: muitos times já estão de olho nos principais jogadores do clube. Zé Rafael é objeto de desejo de Corinthians e Cruzeiro. Se o jogador quiser ir, o Bahia não deve prender. É fazer o melhor negócio possível. Conseguir uma boa quantia para, por exemplo, tentar adquirir os direitos de Mendonza e Allione. Reforçar outros setores. Dá para manter a base do time sem fazer loucuras. O que é algo inédito para o tricolor, pelo menos, nos últimos 25 anos.

Vitória, finalmente.

Acabou a zica. O Vitória finalmente voltou a vencer no Barradão. Com uma ótima atuação de Yago, e mesmo jogando com um a menos desde a metade do segundo tempo, o Leão venceu e convenceu. Escapa da zona de rebaixamento e também respira um pouco mais aliviado.

O problema é que a tabela não ajuda. Viaja para enfrentar Grêmio e Chape no sul. Dois jogos dificílimos, mesmo com a ótima campanha como visitante. Se uma derrota para o Grêmio é extremamente normal, o jogo contra a Chape deve ser encarada como uma decisão. Voltando com 3 pontos na bagagem, dá para vencer os 2 dos 3 últimos confrontos na tabela: Cruzeiro em casa, Ponte Preta fora e o Flamengo na última rodada. Com mais 9 pontos, o Leão chega a 47 pontos e fica livre de qualquer risco. Se bem que já tem matemático dizendo que com 44 dá para se salvar. Melhor não confiar nos outros e fazer a sua parte.

twitter: @tedsimoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

>> <<